Joelhos e cotovelos bonitos?

By 14 de Março de 2019Blog
Como ter joelhos e cotovelos bonitos?

Joelhos e cotovelos merecem cuidados especiais

 

Joelhos e cotovelos são duas partes do corpo que incomodam quando a gente para e presta atenção nelas, principalmente quando saem na foto.

Quem nunca olhou para o cotovelo e falou “meu Deus, que parte horrível do corpo eu tenho”? Porque não há quem diga que joelho e cotovelo são lindos, eles são feios.

Então como a gente pode fazer isso ficar menos feio? Como ter joelhos e cotovelos que, pelo menos, não chamem a atenção?

Com a idade, com o passar da vida e até com as atividades intrínsecas na vida de cada pessoa, como atividade física, esporte, tipo de vestimenta que usa, a gente acaba tendo joelhos e cotovelos mais ou menos ásperos, mais ou menos pigmentados.

Então como a gente pode fazer para que os nossos joelhos e cotovelos não chamem a atenção e não nos incomodem, que existam sem chamar a atenção?

 

Cuidados diários

A gente tem que pensar sempre primeiro nos cuidados em casa. Hidratar muito, cuidar dessas áreas que têm uma camada de queratina maior.

São áreas que a gente tem mais atrito, mais movimento, então a pele fica mais grossa, mais feia e isso pode ser melhorado em grande parte pelos cuidados em casa.

Então o uso de um bom creme hidratante é o principal, antes de a gente pensar em qualquer procedimento em consultório.

O que eu pode ser feito para um joelho ou cotovelo que já estão grosseiros, com a pele muito grossa?

 

Tratando a pele muito grossa

Eu tenho que pensar em alguma coisa que consiga diminuir a espessura dessa camada.

Um tratamento muito interessante e que ninguém pensa nele para joelhos e cotovelos é o laser de CO2 fracionado.

O que ele vai fazer? Vai tratar aquela camada superficial de queratina, que é aquela pele morta, vai queimar aquela camada e fazer com que você fique com a camada mais fina da pele.

Ele vai tratar as manchas, diminuir a pele grosseira, melhorando a textura e a pele como um todo, que fica mais lisa e agradável ao toque.

Obviamente o cuidado contínuo após esse tratamento tem que existir para você manter o resultado.

Existem outros tratamentos também, como os peelings, que vão fazer uma descamação, sempre pensando na renovação dessa camada superficial, essa camada de células mortas, para que a gente deixe a pele mais lisa, mais fina e mais agradável.

Claro que existe um limite. A gente não consegue deixar um joelho igual a um rosto, porque a gente precisa da proteção dessa camada de queratina maior, por ser uma área que tem mais impacto, sofre mais atrito. Precisa ter proteção, senão você vai machucar o joelho e o cotovelo.

 

E como tratar as manchas?

Em relação a manchas, e o joelho sofre mais com isso do que o cotovelo, a gente tem que pensar porque ele está manchando.

Eu estou fazendo alguma coisa para manchar? Estou usando muita roupa justa, que causa mais atrito nos joelhos na hora de sentar? Ou eu faço algum esporte, alguma atividade física que possa causar as manchas? Ou o meu trabalho exige que eu coloque o joelho de alguma forma, algum EPI necessário no trabalho que pegue na região do joelho?

O que no seu dia a dia pode estar contribuindo para a pigmentação? É possível remover esse fator de risco da sua rotina? Se não for, a gente pensa em tratamentos clareadores locais e tratamentos para poder fazer essa renovação celular ao mesmo tempo.

Eu quis abordar esses dois pedacinhos porque são partes que realmente a gente quer melhorar, mas pensa que não em solução. Quem vai pensar em tratamento para os joelhos e cotovelos feios?

Eles têm solução, então marque sua avaliação com a gente. Estamos à disposição para deixá-los mais invisíveis.