Intradermoterapia

O que é a mesoterapia (Intradermoterapia)?
A mesoterapia é uma técnica desenvolvida na França que visa a administração regional de pequenas quantidades de medicamentos via intradérmica, ou seja, abaixo da primeira camada de pele (epiderme). Esta administração intradérmica é injetável e só pode ser feita por médicos. Esta técnica visa prolongar o efeito da medicação injetada, uma vez que por estar localizada superficialmente, não cai na corrente sanguínea imediatamente após a aplicação. Isso permite um intervalo maior entre as aplicações, podendo estas ser semanais ou até quinzenais. As medicações usadas variam de acordo com a indicação. A intradermoterapia pode ser corporal, facial e capilar. Para cada indicação é usada uma mistura diferente de medicamentos.

Como é realizada?
A técnica da intradermoterapia é feita através de múltiplas puncturas, com intervalos de 2cm entre elas variando a profundidade de acordo com a indicação e a localização.

Quais sãos as vantagens da mesoterapia?
Mesoterapia diminui a probabilidade de efeitos colaterais uma vez que a absorção dos fármacos pela corrente sangüínea é muito menor do que na administração oral. A mesoterapia tem sua eficiência maior na aplicação em áreas restritas para que haja a concentração adequada dos medicamentos.

Qual é a aplicação da mesoterapia na medicina estética?
A mesoterapia tem aplicação estética no tratamento da celulite pela aplicação de fármacos que agem sobre o edema e a gordura. Mesoterapia também é utilizada no combate à gordura localizada, flacidez cutânea (rosto e corpo), queda de cabelos, estrias, etc. Para o rosto é muito indicada para fazer lifting facial não cirúrgico, onde consegue-se elevar os músculos e diminuir as rugas sem se submeter a uma cirurgia plástica. Contudo, casos severos de envelhecimento e flacidez de pele já têm a indicação de cirurgia e a intradermoterapia facial é indicada para a manutenção pós-operatória.

foto-intradermato

A intradermoterapia pode ser associada a outras técnicas consagradas pela estética, como a Radiofrequencia, Carboxiterapia, etc.
O número de sessões e o intervalo entre elas varia de caso a caso.

Revista Abril comenta sobre o procedimento aqui.