Laser contra varizes e vasos

Laser Transcutaneo para varizes

Tratamento de Varizes à Laser normalmente é realizado através da pele (daí o nome “transcutaneo”).

É também o mesmo laser indicado no tratamento de diversos inestetismos causados por veias, desde varizes, até telangectasias  faciais (aqueles vasinhos no rosto) e corporais, em qualquer área, hemangiomas (manchas vermelhas escuras), névos rubi (pintas vermelhas), etc.

No caso das microvarizes de pernas, O laser possibilita o tratamento de vasos que são pequenos demais para injeção endovenosa de produtos usados para escleroterapia , a famosa aplicação de varizes. Alguns pacientes possuem vasos tão finos que acabam sendo menores que a própria agulha utilizada para a injeção, e por consequência, não há possibilidade de remover esses casos pelo modo convencional.

No caso dos vasos finos, o laser é mais rápido e mais eficaz que a aplicação, assim como menos dolorido. Indicamos muito o laser em caso de pacientes mais sensíveis à dor, pacientes que têm fobia de agulha ou pacientes que desejam agilizar o tratamento, associando o laser à escleroterapia.

Um grande equívoco, porém, é acreditar que o laser substitui ou é melhor que a escleroterapia. Ele é melhor nos casos específicos citados anteriormente, mas é indispensável o tratamento dos vasos principais que nutrem os mais finos, para um resultado visível e duradouro.

Normalmente utilizam-se ambas técnicas associadas para resultados mais completos. O indicado é agendar uma avaliação médica para definir o melhor programa de tratamento em cada caso.

O tratamento pode ser feito isoladamente ou associado à escleroterapia, dependendo de cada caso.